Beneditinos da Adoração

                  
HOLY CROSS BENEDICTINES OF ADORACION - (RSE)


http://holycrossbenedictines.weebly.com/




A Ordem Beneditina dos Adoradores da Santa Cruz, é uma congregação monástica autocéfala que faz parte da Santa Igreja Celta No Brasil!

A maioria dos nossos membros fazem parte do clero da Santa Igreja Celta, e também temos outros membros que são de outras igrejas. Somos parte de um "novo movimento monástico", movimento este atual e contemporâneo em que os nossos membros vivem em suas próprias casas, com suas profissões seculares e podem também ser casados, ter parceiros fixos ou solteiros.

Os nossos membros depois de passar por todas as etapas de formação, professam os votos beneditinos tradicionais de Estabilidade, Obediência e Conversão dos Costumes, interpretados e adequados de acordo com o estado estado particular de vida de cada irmao ou irmã.

Pelo voto de Estabilidade o membro compromete-se a ficar com a nossa comunidade "nos bons e maus" e nos maus momentos, prometendo não abandonar sua vocação por algum motivo trivial, ou mudar para uma outra comunidade que eles podem pensar ser uma comunidade melhor. Quando fazemos os votos, não devemos professa-lo pensando em sair, fato que pode acontecer em uma Ordem dispersa, ou em uma comunidade residencial regular, ou seja, tais decisões não devem ser tomadas rapidamente e movidas pelo impulso, porque a grama do vizinho de fato é "mais verde do outro lado".
Nosso Pai São Bento por bem compreender a tendência humana de vagar em busca de pastos novos quando as coisas ficam difíceis, criou este voto de estabilidade que nos serve como uma âncora para manter-nos fiéis onde o nosso Bom Deus nos colocou, e aprendermos a atravessar estes momentos tempos difíceis e inevitáveis com fé.

Pelo voto de obediência cada membro que o professa compromete-se a aceitar as decisões tomadas pelo seu superior, podendo ser o Abade, o Prior, o Vice-Prior e o seu Conselho, de forma tal, que os ajude a não entrarem em conflito com sua consciência e olhem e tenham o apoio que precisam para as suas vidas e caminhadas, encontrando no Abade ou Prior a orientação espiritual e apoio de um Pai. Este voto exige, uma continua atenção e uma constante cultivo da virtude da humildade.

Pelo voto de "Conversão de dos costumes" (conversatio morum) o monge que o professa se esforçar para crescer diariamente no amor e sabedoria, e para permitir que ele -ou ela- possa a cada dia ser transfigurado à semelhança de Cristo, por meio pureza de coração e simplicidade de vida.

Embora o celibato é geralmente considerado incluso a este voto, em nossa Ordem ele é aplicado segundo a vida de cada um, uma vez que reconhecemos a manifestação e o compromisso de Amor a Deus seja em qualquer estado de vida; no celibato, casado ou em parceria fixa, contanto que o consagrado(a) dê o seu melhor para Deus. Esta é a posição sobre o celibato feita pelo Novo movimento monacal em geral, e temos um precedente histórico antigo em relação a isto desde o inicio da igreja celta antiga, como o Pe. Sean O'Duinn OSB escreve sobre o monaquismo Celta no sei início de onde as três correntes se encontram ", Enquanto o celibato era o propósito ideal de vida monástica, a sua ausência - a castidade-, não impediu alguém de atingir a aprendizagem, piedade e estima dentro do sistema monástica Celta ".

Normalmente o postulado é de três a seis meses, a depender da caminhada do candidato, o noviciado de um ano e em seguida o irmão profere seus primeiros votos. O estudo da Santa Regra deve ser feita não só pelos noviços mas também pelos professos, e assim dividir suas orações em estudar a Regra de São Bento e outros escritos monásticos diariamente, além de no mínimo recitar Laudes e Vésperas que pode ser do libro do Ofício Divino ou preferencialmente do Breviário Monástica do jeito que nos transmitiu o Nosso Pai São Bento, além de dedicar algum momento do seu dia-a-dia a passar algum tempo em adoração eucarística e em sua ausência, uma Cruz.

O hábito da ordem é uma túnica preta com um escapulário preto com capuz para homens e um escapulário preto liso para as mulheres para ser usado com uma touca branca e véu negro.
Um hábito beneditino todo branco também pode ser usado, especialmente durante os meses de verão e em países quentes.
Os Oblatos (tanto clericais e leigos) podem usar uma túnica preta ou batina e um escapulário curto sem capuz, se assim o desejarem é missão e vocação dos Oblatos, apoiar os membros professos, por meio da oração e das boas obras, participando também de uma disciplina espiritual diária, na medida em que as suas circunstâncias de vida possa permitir.

Oremos: Ó Deus onipotente e eterno, cujos preceitos são a sabedoria de um Pai amoroso: Dá-nos a graça, seguindo o ensinamento e o exemplo de teu servo Bento, andar com corações inflamado de Amor e disposto a aprender na escola de serviço do Senhor. Que estejam os teus ouvidos atentos às nossas orações; para que possamos prosperar com a tua bênção e com o trabalho das nossas mãos; através de Jesus Cristo nosso Senhor, que vive e reina contigo eo Espírito Santo, um só Deus, pelos séculos dos séculos.

Se você sente-se chamado a esta vida de Oblação, entre em conosco!

Solenidade do Nosso Pai São Bento




Dia do nosso Glorioso Pai São Bento, 11 de Julho!